15 de agosto de 2014

Álcool, maconha e as tetas da sua mãe

Tá, então vamos aceitar aquela história de que "maconha é a porta de entrada para os outras drogas". Entendo a lógica de quem argumenta isso. Só que é uma falácia da lógica invertida (deve existir um outro nome pra isso, mais correto e mais acadêmico (afirmação do consequente, talvez?), a não ser que eu tenha inventado isso agora e mereça ter meu nome marcado a ferro em brasa no lombo da História da Filosofia, o que acho bem pouco provável).

Funciona assim:

Primeiro você pega um grupo específico e o toma como resultado final da sua tese, que são os usuários infelizes de drogas pesadas.

Depois você vê o que eles têm em comum. Haverá milhares de coisas, como talvez gostar de batata frita e ter chorado quando o pai do Simba morreu, mas a parte boa é que aí você escolhe aquela coisa que mais lhe convém para provar a sua teoria. Digamos, só a título de ilustração, que os Usindropes (sigla para usuários infelizes de drogas pesadas) tenham, em sua maioria, experimentado maconha.

Pronto, agora você já tem prontinha a defesa da sua tese irrefetuável de que “a maconha é a porta de entrada para os outras drogas (mesmo que recentes estudos brasileiros tenham mostrado que a maconha, na verdade, é a porta de saída das outras drogas.)

Quem usa essa lógica infalível faz questão de ignorar também que milhões de usuários de maconha jamais partiram para drogas mais pesadas. Mesmo que o álcool seja disparado a droga mais consumida, por algum motivo obscuro isso não o torna porta de entrada para outras drogas”.



Ocorre aqui uma péssima (e muitas vezes de má-fé) interpretação de pesquisas de correlação, que acaba apontando correlação como causa, quando não são coisas iguais. O que os defensores do mito da “maconha porta de entrada” esquecem é o que a maioria dos maconheiros têm em comum, mesmo antes de começarem a fumar a erva maldita: tomaram leite nas tetas da mãe. Garanto que conseguirão dados pseudocientíficos o suficiente para advogarem a proibição do aleitamento materno.

2 comentários:

  1. Achei bem interessante o post , bom na minha opinião a maconha é a porta da saída das outras drogas , ajuda sair da quele vicíos das drogas mais pesadas como crack e cocaína .
    Até mesmo o vício do cigarro que mata muitas pessoas da população brasileira .
    Tem gente mesmo que fala que maconha causa isso e aquilo mais não eo papel que usa que causa câncer .
    Mais tem outras formas de consumir a maconha sem usar smoke ou qualquer outro tipo de papel .
    o único danos que a maconha faz e perde neurônios mais neurônios agente tem para dar e vender kk e pulmão agente só tem dois :)
    Estou criando um blog que fala somente sobre maconha .
    Estou seguindo seu blog , venha seguir o meu que em breve vai ta com varias novidades :D

    ResponderExcluir

Colaboradores