21 de fevereiro de 2010

Livro de psicopata


Dizem que o livro "O Apanhador no campo de centeio", de J.D. Salinger inspira psicopatas. Vejam só:

- Mark Chapman, que assassinou John Lennon, levava um exemplar consigo quando foi preso.
- John Hinckley Jr, que desferiu tiros contra o ex-presidente canastrão Ronald Reagan confirma que se inspirou no livro.
- Parece até que o turco Ali Agca, que atirou no papa João Paulo II tinha lido o livro 35 vezes.


Engraçado, eu li o livro e a única pessoa que eu tive vontade de matar logo depois foi o autor...

2 comentários:

  1. nem me atrevo a ler essas coisas =P

    ResponderExcluir
  2. Essa gente que ve certos filmes e livros como "corruptores", da vontade de rir.

    Exemplos historicos: O sofrimento do jovem Werther e Madame Bovary.

    Por isso nao concordo com a censura, mesmo do livro Holocausto -judeu ou alemao?, de cujas ideias eu e meio mundo discordamos completamente. Mas pra ver como sao as coisas: o Edgar Morin foi processado por uma associacao judaica na Franca por causa de um artigo, Israel-Palestine: le cancer, acusado de anti-semitismo.

    (eh a tal coisa, democracia eh a vontade da maioria, mas e quando a maioria ta equivocada?)

    Mas o livro de Sao Cipriano, esse, eu acho realmente perigoso...

    ResponderExcluir

Colaboradores