11 de junho de 2009

Músicas com nome de mulher

Você já reparou que músicas com algum nome próprio são sempre em homenagem a mulheres? Claro, em sua maioria são músicas românticas, que servem para todas as mulheres com outros nomes, e falam basicamente das agruras dos relacionamentos a dois. Todo mundo já cantarolou alegremente (ou tristemente) alguma delas, mesmo que não conhecesse intimamente uma pessoa com aquele nome.

Abaixo, coloco algumas músicas com nome de mulher. (Se lembrar de outra, me fale que eu acrescentarei aqui.)


Gabriela (Tom Jobim)
Luiza (Tom Jobim)
Anna Júlia (Los Hermanos)
Bárbara (Los Hermanos)
Aline (Los Hermanos)
Whole Lotta Rosie (AC/DC)
Michelle (Beatles)
Lovely Rita (Beatles)
Angie (Rolling Stones)
Camila, Camila (Nenhum de Nós)
Lucy in the sky with diamonds (Beatles)
Celia inside (The Cardigans)
Hold on Maria (Danger Danger)
Rosana (Toto)
Marian (Sisters of mercy)
Amanda (DeFalla)
Ellen Rocke (DeFalla)
Juliana no país das maravilhas (DeFalla)
Hailie’s song (EmineM)
Kátia Flávia (Fausto Fawcett)
Come back Margaret (Camera Obscura)
Dory Previn (Camera Obscura)
Valerie (Amy Winehouse)
Carrie (Europe)
Aurora (Foo Fighters)
Sad Teresa (Warrant)
Beth (Kiss)
Domino (Kiss)
Angela (Mötley Crüe)
Shandi (Kiss)
Priscilla (Meat Loaf)
Adelaide (Mombojó)
Carolina (Chico Buarque)
Roxanne (The Police)
Mônica Tricomônica (Nei Lisboa)
Maria Maria (Milton Nascimento)
Layla (Eric Clapton)
Florentina (Tiririca)
Maggie May (Rod Stewart)
Sally (Sade)
Jezebel (Sade)
Henrietta (The Fratellis)
Juanita (Shania Twain)
Maria (Blondie)
Cristina (Tim Maia)
Song 4 Dianne (TNT)
Jamie’s crying (Van Halen)
Josephina (Van Halen)
Oh Lisa (Weezer)
My Evelyne (Weezer)
Silvia 20 horas domingo (Ronnie Von)
Silvia (Camisa de Vênus)
Suzanne (Weezer)
Jamie (Weezer)
Bem Bem Maria (Gipsy Kings)

Mas já reparou que não há músicas com nomes de homens? Pois é, seria mesmo estranho se de repente escutássemos no rádio coisas como, por exemplo:


Um sertanejo-romântico :

Meu bem, não me deixe assim
Sem você, tudo fica ruim
Haroldo, volta logo para mim

Ou quem sabe um axé-music pra levantar o pé do chão:

Não posso mais
Sufocar essa paixão
Não dá mais
Pra calar o coração
Vou gritar
Quem eu amo é o Serjão

Ou então um pagode do tipo Alexandrepires pra cantar com emoção:

Não agüento mais essa dor
Eu te quero amor
Vou pedir por favor
Não me deixa Valmor!





Pois é, acho melhor deixar as coisas como estão mesmo.

6 comentários:

  1. Bá, logo agora que eu ia escrever uma musica pra ti, meu bem!
    Ia começar assim:
    Vem prá cá Diego
    Quero te dar um chamego
    não negue meu amor
    sem ti só sobre dor

    ia combinar bem com o ritmo daquela caipira que tu ria no violão toda vez que vou pra tua casa...ops, não era pra contar?

    ResponderExcluir
  2. Ainda há as belas e famosas Carolina, do Chico Buarque; Maria, Maria, do Milton Nascimento; a francesa Aline, do Paul Mauriat; e a Layla, do Eric Clapton, só para citar algumas. E não dá para esquecer da Florentina, do Tiririca; e da Isaltina do Falcão.
    E, só para contrariar você, o Milton Nascimento tem uma música chamada Pablo, que ele fez para o filho dele.

    Abraço,

    Pablo
    http://cadeorevisor.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Rafael Bán Jacobsen13 de junho de 2009 23:59

    Tem Maria da Blondie, também...

    ResponderExcluir
  4. Valeu pelas contribuições. Já atualizei a lista com algumas (as que eu já conhecia).

    Ah, essa do Pablo tu inventou, né, nem vem ...rs

    Ah, fiquei tocado com a homenagem para mim, acho que iria combinar com um bom forró.

    ResponderExcluir
  5. Milton Nascimento tem filhos??? Mas ele não é gay??

    ResponderExcluir
  6. Só para não ser chamado de mentiroso, aqui está uma versão da música com a horrível banda 14 Bis, apresentada pelo não menos horrível Faustão:
    www.youtube.com/watch?v=7-oBFUaZ3nM
    Por falar em Fausto, quem gostava de fazer músicas com nome de mulher era o Fausto Fawcett. Você há de lembrar da Kátia Flávia (loiraça beuzebu), da Marinara (explode coração) e da Juliette (loirinha assustada na tequila evaporada).

    Abração,

    Pablo.

    ResponderExcluir

Colaboradores