24 de março de 2009

Manual do Intelectual Pop (partes 18 a 21)

Damos continuidade ao famigerado Manual do Intelectual Pop

18- Tenha uma preferência gastronômica inusitada.
Pode ser feijão com doce de leite, abacaxi com manteiga, coca-cola morna sem gás ou – deuz nos livre e guarde – cerveja quente, sempre cuidando para não resvalar para o perigoso campo da sofisticação. Uma restrição alimentícia conta mais pontos ainda. “Não posso comer nada com azeitona!” ou ainda o poético“não como nada que tenha olhos”. Se conseguir abolir a batata do cardápio já é um herói, pois não há registro na história contemporânea de alguém que tenha alcançado esse feito. Mas lembre-se: não exagere, você quer ser tachado de excêntrico, não de bizarro.








19- Seja sexualmente ambíguo.
Não é ambivalente, é ambíguo mesmo. É muito mais moderno ser avançado em termos de preferências sexuais. Homo ou hétero não estão com nada, o melhor para um IP é ser bi-curious, ou, ainda melhor, pansexual. David Bowie e Mick Jagger já mostraram que isso tem seu lado positivo: eram ambíguos e sempre acabavam comendo quem eles queriam.




20- Não goste de futebol.
Nem de qualquer outro esporte coletivo alienador das massas (A não ser que você formule uma elaborada teoria demonstrando que uma partida de futebol é a mais completa metáfora sobre a vida – mas talvez nem isso ajude). Quando escutar, em um rádio ou televisor próximo, o narrador gritando GOOOOOLLL, resista, e não a mude a sua expressão facial e controle seus batimentos cardíacos.. Esporte, para o Intelectual Pop, apenas xadrez, gamão e dominó.



21- Não leia Paulo Coelho.
Quando perguntarem, você diz que nunca leu Paulo Coelho, nem Dan Brown, nem Agatha Christie. São escritores proibidos. Stephen King, estranhamente, está liberado.

Um comentário:

  1. Rafael Bán Jacobsen7 de abril de 2009 11:00

    Putz! Falhei no quesito 21! Merda!

    ResponderExcluir

Colaboradores