27 de dezembro de 2008

Vozes do Aquém

Este post é um comentário a respeito do comentário do post anterior.

Disseram:

ouvindo vozes...acho que vc precisa de um psiquiatra! elas te dizem o que fazer???


Sim, eu ouvia vozes (e tinha algumas alucinações visuais também). Contei pra psiquiatra e ela me olhou bem calma dizendo que precisava aumentar a dosagem da medicação. Na consulta seguinte ela perguntou como iam as vozes e eu menti que não as ouvia mais...rsrs


Durante um tempo, anotei num papel o que as vozes diziam e, recentemente, transcrevi as frases num arquivo de Word com o intuito de fazer um post para este blogue. O problema é que o resultado foi tão esquisito, mas tão esquisito, que cheguei à conclusão que, depois de tornar isso público, eu não só não conseguiria mais fazer novos amigos, como provavelmente perderia também os atuais.


Assim, por enquanto deixarei o arquivo das vozes trancado a sete chaves.

Só posso dizer que ninguém me mandava fazer nada, na verdade era como escutar trechos de uma conversa telefônica com linha cruzada.

2 comentários:

  1. Dourados (nao, nao sou gay, sou uma legiao)27 de dezembro de 2008 18:22

    Parou pra pensar que esse e os outros comentarios podem ser outras versoes das "vozes" para uma midia diferente?

    ResponderExcluir
  2. comentarios: unico

    Anonimo Mais Importante (diretamente de Dourados)

    ResponderExcluir

Colaboradores